Livros para estudantes de medicina: quais os mais indicados?

Todo estudante de medicina já se perguntou a respeito dos livros essenciais para começar a sua biblioteca. Embora cada um tenha preferências pessoais e possa escolher de acordo com os seus gostos, existem livros da área que são capazes de ajudar na formação de qualquer profissional.

Portanto, independente da especialidade que você pretende seguir após concluir a faculdade, essa lista pode te ajudar a ter ótimos companheiros ao longo da graduação e a enfrentar as horas de estudo que estão por vir.

Confira!

Os livros mais indicados para estudantes de medicina

A Medicina conta com várias especialidades. Entretanto, durante a graduação, todos os estudantes têm que passar por ciclos em comum, como o estudo aprofundado da anatomia e o período de internato. Desse modo, a lista foi pensada com base nesses primeiros momentos da carreira de qualquer profissional da área.

Veja a seguir!

Livros de medicina interna

Os livros de medicina interna precisam se fazer presentes na estante de qualquer estudante. Desde as obras mais renomadas aos tratados sobre Clínica Médica, o material em questão é fundamental para o Internato e será de grande ajuda nessa fase da sua carreira.

Entre as obras mais indicadas estão os tratados escritos por Harrison e Goldman-Cecil. Ambos falam sobre a Medicina Interna e são aquilo que existe de mais completo neste segmento da literatura da área.

Além disso, vale ressaltar que os livros em questão são bastante tradicionais não só no Brasil, mas em todo o território mundial. Logo, servirão para dar boas bases a qualquer estudante.

Entretanto, é importante destacar que as obras não têm um custo acessível, de modo que muitas pessoas dão preferência para usá-los em versões digitais ou mesmo emprestados de bibliotecas.

Logo, se você está em busca de um livro de Clínica Médica que seja completo, mas ainda tenha um bom preço, uma boa opção é o Manual de Clínica Médica, publicado pela editora Sanar.

Livros de anatomia

A anatomia é uma disciplina presente nos momentos iniciais de boa parte das faculdades de Medicina. Ter um bom conhecimento a respeito dela será fundamental para que os estudantes possam prosseguir para módulos mais avançados.

Devido à importância da matéria em questão, é muito comum que obras desse tipo sejam a primeira aquisição de um calouro de Medicina e isso está longe de ser algo negativo. O livro de anatomia não será útil apenas durante o Ciclo Básico da formação profissional, mas ao longo de toda a vida.

Por exemplo, no caso dos estudantes que pensam em seguir carreiras cirúrgicas, os manuais de anatomia com certeza serão importantes. Além disso, carreiras como a ortopedia também vão exigir um ótimo livro desse tipo, que servia como uma espécie de atlas.

Logo, embora a anatomia seja uma matéria dos primeiros ciclos da faculdade, a aquisição de um livro dessa disciplina é algo que perdura e faz com que o investimento se justifique. A obra mais vendida neste segmento é o Netter Atlas de Anatomia Humana, escrita pelo Frank Netter e Carlos Machado.

Coleção Yellowbook

Lançada pela editora Sanar, a coleção Yellowbook atualmente possui cinco volumes publicados e é ideal para quem está à procura de um bom guia, que permita consultas rápidas e eficientes.

Os volumes da coleção falam sobre emergência, ambulatório, pediatria, ginecologia e diagnóstico. Portanto, contam com uma abrangência temática interessante para qualquer estudante.

Como os Yellowbook foram pensados para funcionar como guias rápidos, eles podem ser utilizados até mesmo durante consultas. Além disso, servem para orientar prescrições e tratamentos. Logo, mesmo em situações mais estressantes, como plantões em prontos-socorros, eles ainda se fazem úteis.

Então, quem pensa em fazer um investimento que valha a longo prazo e não apenas durante a faculdade precisa conhecer melhor esta coleção e considerar incluí-la na sua biblioteca de livros médicos.

Outros livros de Medicina que valem a pena

Além das obras citadas, existem vários outros volumes de Medicina que podem auxiliar na formação de qualquer profissional e na sua atuação posterior. Portanto, alguns serão brevemente comentados a seguir para ajudar os estudantes a comporem uma biblioteca ainda mais rica.

Fisiologia humana

Quando se fala sobre fisiologia humana, a obra mais conhecida é a de Guyton & Gall. Entretanto, existem vários outros manuais que podem ajudar na preparação para as aulas, como o de Linda Costanzo, que apresenta uma linguagem mais acessível e envolvente, ideal para quem está começando os seus estudos.

Medicina de família e comunidade

A medicina de família é uma especialidade que vem sendo mais comentada nos últimos anos. Além disso, trata-se de uma área que está em constante crescimento, visto que o número de profissionais aumentou em 30% somente entre 2019 e 2021.

Diante disso, possuir um bom conhecimento é fundamental. O Duncan é um excelente livro para quem se interessa pela área e ensina bastante sobre doenças infectoparasitárias e questões relativas ao trato com os pacientes, separando-os por faixa etária e gênero.

Livros que todo estudante de Medicina deveria ler

Para além das obras que contribuem diretamente para os seus estudos e formação profissional, como os manuais técnicos, existem outros livros que os estudantes de Medicina deveriam ler por conter experiências de outros médicos. Elas podem tanto servir de inspiração como para aguçar a curiosidade para uma especialidade.

O imperador de todos os males – Siddharta Mukherjee

O oncologista Siddartha Mukherjee reflete sobre o câncer nessa biografia. Assim, ele narra com detalhes e profundidade todas as etapas da sua pesquisa sobre o tema, destacando tanto as vitórias quanto as perdas ao longo do caminho.

Com uma linguagem acessível e uma abordagem bastante completa da doença, O imperador de todos os males é uma obra rica sobre uma das doenças que mais atingem a humanidade na atualidade.

Por um fio – Drauzio Varella

Através de histórias relacionadas ao câncer, Dráuzio Varella comenta sobre a época em que atuava com oncologista em um contexto no qual a doença ainda era tratada como um tabu pela sociedade devido ao horror que provocava.

Assim, tanto a visão do médico quanto a reação da sociedade ao redor dos pacientes é comentada na obra, trazendo desdobramentos impressionantes e que além de discutir o câncer, falam muito sobre a natureza humana.

Gostou do conteúdo? Visite o blog do MS Med para mais posts como este! O MS Medicina é o cursinho mais forte e completo para quem quer ser aprovado!

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]