Características importantes para um estudante de medicina

Ingressar em uma universidade reconhecida e cursar medicina está nos planos de muitos vestibulandos. No entanto, em meio aos estudos e toda preparação alguns se perguntam quais as características importantes para ser um bom estudante de medicina .

Estar preparado para essa desafiadora profissão, significa saber lidar diretamente com pessoas, estando aberto a sempre aprender e ouvir. Do mesmo modo, é preciso dedicação aos estudos e outras habilidades.

Mas não se engane, não é preciso nascer com tais características , elas podem ser desenvolvidas com bastante esforço e dedicação. Afinal, é uma construção diária, um contínuo aprender que forma um bom médico.

Separamos algumas das principais características que determinam o perfil de um estudante de medicina . Então, prepara o papel e a caneta e já deixa anotado, pois para começo de conversa, a organização é fundamental.

Ser organizado
Estudar medicina , significa conciliar todas as diversas disciplinas da universidade, com provas, trabalhos e estágios. Por isso, para não se perder em meio às diversas atividades e prazos a serem cumpridos, é preciso ser organizado.

Serão seis anos de curso mais a residência médica, sem falar de especializações. Por isso, foco e disciplina serão essenciais nessa jornada. A rotina cansativa pode ser muito estressante se não tiver um planejamento adequado.

Fazer um plano de estudos, utilizar aplicativos de agenda, ou mesmo uma agenda física. Ter sempre em mãos os horários e datas importantes, além de lembretes digitais. Sem falar que a organização ajuda o cérebro a descansar e focar nas tarefas importantes.

A organização financeira também é importante, em meio a tantos livros e gastos. Do mesmo modo, é preciso sempre manter o próprio ambiente de estudo, seja para o ENEM ou já na faculdade, e trabalho devidamente organizado e arrumado.

Gostar de estudar é importante
É preciso ter em mente que a medicina é uma área em constante evolução, por isso, mesmo após o fim da universidade o médico continuará estudando. Dessa forma, gostar de sempre aprender e se atualizar faz parte do perfil de um estudante de medicina .

Já na faculdade o volume de matérias será intenso, além de leituras feitas por conta própria. Sem falar de congressos, projetos de pesquisa e extensão. Tudo isso faz parte da rotina do estudante e é preciso estar preparado.

Por isso, desenvolver o ávido interesse em aprender é essencial, incentivando cada etapa para se tornar um profissional. Hoje em dia, com o mundo digital, há formas dinâmicas de aprendizado, que podem complementar a companhia de um bom livro físico.

Ser empático
O médico lida diretamente com o outro, com as dores físicas e também emocionais do ser humano. Dessa forma, é preciso desenvolver empatia, sabendo se relacionar e ouvindo o que o outro tem a dizer.

Além do conhecimento técnico que é imprescindível, saber escutar o paciente com atenção e respeito, também entra para o perfil de um médico. Assim, é importante que o estudante busque desenvolver essas habilidades empáticas.

Seja com os pacientes, seja com os colegas de profissão ou mesmo os de estudo, empatia é a chave. Saber se relacionar socialmente é importante para a socialização no ambiente hospitalar e dentro da própria universidade onde laços e histórias serão criadas.

Flexibilidade é essencial
Um médico nem sempre irá trabalhar no mesmo horário, terá plantões durante a madrugada, irá atuar em hospitais e clínicas com estruturas diferentes. Por isso, é preciso ser flexível e aprender a lidar com as adversidades.

A capacidade de adaptação a horários e rotinas diferentes é essencial para o médico e ainda para o estudante de medicina . Afinal, entre residência, estágios, internato, provas e trabalhos adaptar-se vai ser necessário.

Por isso, tão importante quanto a organização, é saber que a agenda vai ter mudanças a serem anotadas novamente. E que no dia a dia isso estará tudo bem. Sem falar que em algum momento seu próprio conforto e descanso poderá ser interrompido.

Assim, aprender a ser mais flexível e lidar com as adversidades que a rotina da profissão impõe é uma tarefa importante para todo estudante de medicina . Uma capacidade de adaptação para se estender a toda vida profissional.

Cuidar e se cuidar
Trabalhar na área médica demanda esforço físico com o corrido dia a dia da profissão, mas também exige emocionalmente do profissional. Por isso,o estudante durante os anos de estudo pode desenvolver hábitos saudáveis de cuidados pessoais.

Afinal, cuidar da alimentação, estar em dia com os próprios exames de rotina e tratamentos, praticar atividades físicas é essencial. Além de separar um espaço na agenda para lazer e descanso com amigos e família.

Muitas vezes o trabalho se dará sob pressão, com alta demanda de atendimentos ou mesmo casos complexos a serem atendidos. Por isso, encontrar o equilíbrio emocional é estar preparado para a exigência dos estudos e a atuação médica.

Equilíbrio é a chave. E quando o profissional cria o hábito de se cuidar ele acaba por estar mais preparado, físico e emocionalmente, para cuidar do outro. Alguns dias podem ser difíceis nessa profissão, por isso, saiba encontrar o tempo para descansar.

Trabalhe com ética
Quando se lida diretamente com a vida e o bem-estar do ser humano, é imprescindível agir com ética. O compromisso com a atuação médica e a dignidade humana é essencial para formar um profissional.

Com isso, o perfil de um estudante de medicina , já deve abraçar essa característica. Tornando-se alguém que saiba trabalhar em equipe, que respeite o outro profissional, que saiba ouvir e que siga os códigos e mandamentos da profissão.

E principalmente, que coloque o bem-estar do paciente e a realização do seu trabalho como prioridade. Estando, assim, disposto a seguir estudando e se atualizando, atendendo as adversidades e a rotina que a profissão impõe.

Concluindo: Foco, disciplina e determinação
Quando chega o vestibular, o estudante que deseja ingressar em uma faculdade de medicina , sabe que terá um longo caminho pela frente. Repleto de muito estudo, mas ao fim a recompensa de seguir a carreira que tanto sonhou é única.

Por isso, mesmo que não seja tão organizado, ou flexível, é essencial para o vestibulando não desanimar. O perfil ideal de um estudante de medicina se constrói no dia a dia. A cada novo aprendizado, novo atendimento e novo paciente. Assim, foco nos estudos!

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!