Pré-vestibular: descubra como montar um grupo de estudos

Estudar para o vestibular nem sempre precisa ser uma atividade solitária, uma excelente opção é criar grupos de estudos. Quando bem estruturados, os grupos podem auxiliar em dúvidas, informações e incentivo nos momentos de cansaço.

Reunir os colegas para trabalhos em sala de aula foi um costume adquirido durante os anos de estudo. No entanto, nem sempre as ideias eram aproveitadas e o rendimento do grupo eficiente, isso ocorria porque a criação do grupo deve ser feita de forma estratégica.

Por isso, separamos algumas dicas para te auxiliar nessa tarefa. Afinal, para aqueles que desejam passar em cursos concorridos, como o de medicina ingressando nas melhores universidades do país, um grupo de estudos pode ser a oportunidade que procurava.

A importância e os benefícios de um grupo de estudos

As vantagens de organizar um grupo de estudo são grandes, e vão desde a interatividade impulsionando a troca de conhecimento até a otimização de tempo. A troca entre pessoas com os mesmos objetivos de estudo permite a melhor absorção do conteúdo.

Espaço ideal para debater os temas aprendidos nas aulas, os grupos de estudo ajudam no reforço de estudo em horas extras. Evitando a procrastinação e distração, auxiliam no esclarecimento de dúvidas e prática de exercícios.

Mas os benefícios se estendem para o espectro extracurricular, criando uma rede de apoio. Ao assumir o compromisso com outros estudantes, a probabilidade de desistir e não estudar é menor, aumentando assim as chances de manter a disciplina.

Estabeleça local e horário para os estudos

O primeiro passo para montar um bom grupo de estudos é ter em mente que se trata de um compromisso. E como para tanto é necessário organização. Por isso é essencial definir um local para os encontros, seja virtual ou presencial.

Se for presencial, é importante ter um consenso de escolher um local acessível aos integrantes do grupo. Que não seja muito barulhento, não traga muitas distrações, que seja arejado, claro e limpo.

Podem ser bibliotecas, salas de aulas vazias no pré-vestibular, parques, cafeterias ou mesmo na casa de um dos integrantes. Escolhido, estabeleça os horários e dias em que o grupo irá se reunir. A frequência e constância dos dias é essencial para a criação da rotina de estudos.

Caso, decida-se por reuniões virtuais também é preciso organização. Defina de antemão, a plataforma que será utilizada para as reuniões, faça uma lista de presença e lembretes para que não haja faltas. Escolha também um horário acessível a todos os integrantes.

Escolha pessoas com perfis diferentes e complementares

O comprometimento dos integrantes com o grupo é essencial para a dinâmica, assim como a disponibilidade. Afinal, trata-se de um trabalho em conjunto e cada integrante deve agregar em conhecimento e disposição.

Por isso, na hora de montar o grupo de estudos é interessante escolher perfis que se complementam. Pessoas com habilidades distintas podem auxiliar umas às outras nos momentos de dúvida.

Aqueles com facilidade nas áreas de humanas, podem ajudar os integrantes que têm mais dificuldade nesses temas. E em contrapartida receber ajuda também. Não se deve excluir aqueles com interesses parecidos, mas é interessante diversificar.

Compartilhe material de estudo

É importante que todos tenham acesso ao material que será estudado nas reuniões, sejam textos, apostilas ou simulados. Por isso, é importante criar uma rede de compartilhamento e comunicação para que assim ninguém fique para trás.

Nos dias atuais a forma de estudar também se amplificou, tornando-se algo mais dinâmico e interativo. É fácil encontrar material audiovisual online que pode ser facilmente compartilhado como grupo, sejam filmes, documentários ou videoaulas.

Dessa forma, não guarde conteúdo para apenas o consumo próprio e incentive o grupo a trazer material dinâmico. Sejam podcasts ou debates online, é aconselhado criar um documento com todos os links e disponibilizar de forma acessível para todos do grupo.

Proponha debates

Aproveitando o gancho que materiais dinâmicos de estudo podem auxiliar na experiência do aprendizado, usá-los para incentivar debates é essencial. Afinal já se foi o tempo em que para passar em uma prova bastava apenas decorar o conteúdo.

Para absorver o conhecimento é preciso refletir sobre os temas estudados, considerar hipóteses e desenvolver um olhar crítico que permita a reflexão. Por isso o debate é importante, pois incentiva o pensamento crítico.

Dessa forma, aproveite as atividades em grupo para criar debates saudáveis sobre o conteúdo estudado. Afinal, ao se discutir ideias é preciso dominar o tema com embasamento acadêmico, o que pode auxiliar em áreas como a redação no vestibular.

Crie um cronograma e use métodos de concentração

Organizar o tempo de estudo e o que será estudado é fundamental para que um grupo de estudo não perca o foco. Por isso, um cronograma de estudos bem planejado é essencial, ele também garante que todos os interesses serão atendidos.

Assim, é preciso dividir um período para estudar cada disciplina. Do mesmo modo, um dia para que sejam feitas revisões de conteúdo e outro para que possam praticar exercícios e redações. O cronograma é uma excelente ferramenta de organização.

Tão importante quanto o cronograma é preciso que o grupo estabeleça formas de minimizar as distrações. Desse modo, métodos de concentração podem ser utilizados pelo grupo. Como o Pomodoro, que intercala períodos de foco total e momentos de descanso.

Mantenha um canal de contato

A comunicação é essencial para o sucesso de um grupo de estudos, por isso, é preciso estabelecer um canal de contato. Um meio que servirá para o compartilhamento de material, decidir temas e tirar dúvidas.

Para tanto podem ser utilizados grupos nas redes sociais, como o Facebook, WhatsApp ou Telegram. Mas é importante que sejam estabelecidas regras para a participação dos grupos, impedindo assim que temas aleatórios atrapalhem os estudos.

O canal de contato é um ótimo espaço para o grupo trocar links de vídeos e artigos, se comunicar caso ocorra imprevistos e ainda lembrar das datas de inscrições nos vestibulares. Se usado com sabedoria, pode ser de grande auxílio.

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!