Confira as diferenças entre SISU, PROUNI E FIES

A criação de programas federais, nos últimos anos, ampliou o acesso ao ensino superior. Programas como SISU, FIES E PROUNI dão acesso às universidades públicas e privadas, a milhões de brasileiros.

O que todos têm em comum é o uso da nota do ENEM como critério de classificação. As inscrições são gratuitas, realizadas pela internet e acontecem duas vezes por ano, no primeiro e segundo semestre.

Saiba como funciona e quais as diferenças entre SISU, PROUNI E FIES. E assim, escolha o que melhor lhe atende. Vem com a gente!

O que é o SISU?

Sistema de Seleção Unificada (SISU) substitui o vestibular tradicional de diversas instituições, e tantas outras reservam, parte das vagas para os candidatos participantes do processo.

participação no SISU acontece mediante a nota obtida na edição mais recente do ENEM. Desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC), disponibiliza vagas para diversas universidades federais de todo o país. Qualquer pessoa pode participar, independente da renda, desde que não tenha zerado a redação no ENEM.

Os candidatos acessam as vagas disponibilizadas e as instituições, através do site do SISU. Escolhendo até duas opções de curso, por ordem de preferência de instituição, local, turno e modalidade de concorrência.

A classificação é feita com base na nota do ENEM de forma decrescente (da mais alta à mais baixa). Cada curso exige uma nota mínima, consultada antes da inscrição. O candidato selecionado deve fazer a matrícula na faculdade, para não perder a vaga.

SISU reserva vagas aos candidatos que se inserem no sistema de cotas raciais (autodeclarados pardos, negros ou indígenas), alunos de baixa renda e pessoas com deficiência. E, para aqueles que não conseguiram uma vaga na primeira chamada, existe um segundo período de inscrições.

O que é o PROUNI?

Desde 2004, ano em que foi criado, o PROUNI (Programa Universidade para Todos), oferece bolsas parciais e totais para estudantes de baixa renda, em universidades privadas.

Para concorrer às bolsas, segundo a Lei nº. 11.096 que rege o programa, o candidato precisa ter participado da última edição do ENEM, ter obtido nota superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.

Outro requisito, é ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular, e não ter ensino superior completo. Pessoas com necessidades especiais e professores da rede pública, que compõem o quadro permanente de pessoal, também podem participar.

Com duas inscrições por ano, no primeiro e segundo semestre, o candidato, ao se inscrever, seleciona até dois cursos, entre aqueles com vagas disponíveis. A seleção é automática, seguindo a ordem decrescente, assim como o SISU.

Para concorrer às bolsas integrais (100%), o candidato precisa comprovar renda familiar máxima de 1,5 salário mínimo por pessoa. Já para as bolsas parciais (50%), de até 3 salários mínimos.

O que é o FIES?

Parecido com o PROUNI, o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) oferece aos estudantes de baixa renda, financiamento das mensalidades com valores menores do que os praticados por credoras privadas.

Para participar do FIES, o candidato deve ter prestado alguma edição do ENEM, desde 2010, e obtido nota média de 450 pontos, sem zerar a redação. Com renda familiar máxima de até 2,5 salários mínimos por pessoa.

A inscrição é feita pela internet e o candidato escolhe entre os cursos disponíveis, o preenchimento das vagas ocorre conforme nota do ENEM. Ao ser selecionado, o candidato se cadastra em outro sistema, dando início ao processo de financiamento. Os documentos exigidos devem ser apresentados à faculdade.

O financiamento por meio do FIES considera a renda familiar e o quanto dela será comprometida com a mensalidade. O estudante deverá pagar o valor referente aos juros do financiamento, durante o curso e até 18 meses após se formar, em boletos trimestrais. No prazo de um ano e meio de formado, inicia o pagamento das parcelas mensais, cujo prazo pode se estender por anos.

Como escolher entre SISU, PROUNI e FIES?

A partir do que vimos, as diferenças entre SISU, PROUNI E FIES são que o primeiro se refere ao processo seletivo para ingresso na universidade, o segundo é um programa de bolsa e o terceiro é um financiamento estudantil. E a escolha entre eles depende das suas condições financeiras!

De modo geral, avalie:

  • Custos da graduação, como moradia, alimentação, deslocamento, mensalidade;
  • Instituições participantes;
  • Nota no ENADE da instituição;
  • Oferta de até 14 anos para pagar o financiamento, do FIES, a partir da formatura. Sendo que, o estudante deve completar o curso no tempo previsto;
  • Alunos de baixa renda podem conseguir juros zero pelo FIES. Geralmente, os juros ficam na faixa de 6,5%;
  • Auxílio alimentação e transporte aos alunos de baixa renda, sem condições de arcar com os custos, oferecido pelo PROUNI.

As inscrições são abertas em uma sequência lógica, iniciando pelo SISU e terminando com o FIES. Assim, o candidato inscrito no SISU que não conseguir uma vaga, e se enquadrar nos critérios exigidos, pode tentar uma bolsa pelo PROUNI e, se não for possível, têm ainda uma última chance por meio do FIES. E, ainda que não consiga, todos os programas realizam seleção duas vezes ao ano.

Para concorrer a uma vaga pelo SISU é necessário empenhar-se bastante nos estudos e garantir uma boa pontuação no ENEM. O curso de interesse também deve ser considerado, pois, indica quão concorrida é a vaga almejada. O mesmo vale para a universidade, quando em cidade ou estado diferente do de origem, a graduação gera custos a mais, ligados a moradia e alimentação.

Quanto aos outros dois programas, a renda familiar é o primeiro critério ao qual deve se enquadrar. Se for a caso, o indicado é tentar primeiro o PROUNI, justamente por se tratar de uma bolsa, que não gerará uma dívida futura. Inclusive, o MEC, inicia as inscrições para este programa antes do FIES. Caso não consiga, tente o financiamento.

E para garantir uma boa nota do ENEM e marcar presença nesta disputa, conte com o MS Medicina o cursinho mais forte e completo para quem quer ser aprovado!

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!