Atualidades no vestibular: tendências que podem aparecer na prova

Para uma boa nota no vestibular não basta só estudar muito, é necessário estar atualizado sobre os principais acontecimentos nacionais e internacionais. Por isso, listamos as principais tendências para o vestibular em 2022.

Importância do vestibular

O vestibular tem como objetivo selecionar os melhores candidatos para as faculdades e universidades. É um processo de muita importância pois demonstra que o ingresso tem capacidade para aplicar o conteúdo que será repassado.

Uma vez que o número de candidatos é maior que o de vagas é natural que as provas sejam exigentes.

Para as faculdades e universidades não importa só se o candidato entende sobre as matérias, como matemática, geografia e física. O ingresso deve saber o que está acontecendo no país e no mundo.

Isto porque ele será um futuro profissional que dependerá não só de conhecimentos técnicos aprendidos na faculdade. E de certa forma o formado representa a instituição.

Tendências para o vestibular em 2022

No vestibular não cai somente as matérias aprendidas na escola. As questões são contextualizadas dentro do que acontece na realidade do aluno.

Por exemplo, se o candidato aprendeu sobre erosão de solo é importante que ele saiba como este fenômeno colaborou para uma tragédia que de fato aconteceu.

Portanto, o estudo não está somente livros e apostilas. É importante ler o jornal e assistir ao noticiário. De preferência procure se atualizar por diversas fontes.

Listamos aqui o que será tendência para o vestibular em 2022.

Pandemia

A pandemia ainda dá muito o que se falar. É um tema que gera muita discussão em diversas disciplinas, principalmente em Ciência, Sociologia e História.

A pandemia alterou as relações trabalhistas e sociais, saber aumentaram novas formas de trabalho, como home office é importante. Leia sobre a utilização de reuniões em vídeos chamadas.

Em ciência temas como imunologia e como funcionam vacinas podem cair. É importante dar atenção ao sistema imunológico e a organização de vírus, fungos e bactérias.

Em matemática pode ser tema de contextualização em estatística, probabilidade e fatorial. Por exemplo: a questão pode abordar a taxa de contaminação do vírus ou avanço de vacinas.

Em Sociologia e História pode ser questionado o pós-pandemia, isto é, como será o mundo quando a pandemia for superada. Especificamente em história podem ser abordados eventos históricos como revolta das vacinas, gripe espanhola e peste negra.

O pós-pandemia inclusive pode ser um tema de redação em diversos vestibulares. O combate às epidemias também pode ser cobrado em redações.

Internet e redes sociais

2021 foi o ano das redes sociais, a internet está cada vez mais presente na vida das pessoas, tanto profissional como pessoalmente. Portanto, esta interação pode ser questionada nos vestibulares. Isto é, a forma que jovens estão expostos nas redes sociais e o papel da família.

Novas oportunidades e profissões na internet e redes sociais podem ser tema de redação, como por exemplo, a profissão de Digital Influencers e sua monetização.

O instituto da fake news pode estar presente em várias questões em sociologia, por exemplo, sua influência na opinião popular e no processo eleitoral.

O outro ponto em destaque é a “cultura do cancelamento”, o candidato deve ter opinião própria formada sobre este fenômeno social.

A cultura do cancelamento ocorre quando um grande público desaprova certa atitude de alguma pessoa, geralmente famosa.

Desastres ambientais

Infelizmente no Brasil, principalmente na Amazônia e Pantanal, sofremos com diversos desastres ambientais com queimadas históricas.

A tragédia em Capitólio, onde uma pedra gigantesca caiu em lanchas matando 10 pessoas, pode ser abordada.

Diferenças climáticas nunca antes enfrentadas, como neve no Texas e calor histórico no Canadá, é outra forte tendência.

Temas como alterações climáticas e efeito estufa sempre possuem boas chances de estarem presentes em ENEMs e vestibulares.

É importante saber sobre a erupção do vulcão Cumbre Vieja nas Ilhas Canárias pois foi um fenômeno de proporções históricas.

Combate a doenças psicológicas

Outro reflexo da pandemia é o aumento de doenças psicológicas, como depressão, ansiedade e síndrome de burnout.

Saber o conceito, principais causas, sintomas e tratamentos de cada doença é de grande importância.

A pandemia alterou as relações de trabalho, surgiu uma tendência pelo trabalho remoto. É importante saber como o trabalho em casa afeta a saúde psicológica e mental.

Polarização política

Com a aproximação do período eleitoral a polarização política, entre direita e esquerda ou liberais e conservadores, volta a chamar atenção.

Em história dê atenção a temas como: guerras mundiais, guerra fria, revolução francesa, revolução francesa e histórica nacional brasileira em geral.

Processos históricos brasileiros caem de forma rotineira no ENEM e vestibulares. Vale a pena estudar o período da proclamação da república, a ditadura e o processo de redemocratização.

Importante saber datas como:

– Independência brasileira e proclamação da república;

– Primeira revolução industrial;

– Primeira e Segunda guerra;

– Revolução russa.

É de suma importância saber a influência de contextos internos sobre a política interna brasileira.

Os riscos da escassez da água no Brasil

O ano de 2021 foi um período com falta de chuvas em várias regiões brasileiras o que apresentou crise de abastecimento de água.

O candidato deve entender que o Brasil possui uma grande matriz energética baseada em hidrelétricas.

Em geografia pode ser cobrado fenômenos naturais como: el ninõ, el ninã, furacões, tempestades e alterações climáticas

É importante que o candidato saiba o porquê de haver secas em algumas regiões do Brasil enquanto em outros estados enfrentam enchentes e enxurradas. Deve haver consciência sobre o aquecimento solar, o efeito estufa e suas consequências para o clima.

Ensino à Distância

Os anos de 2020 e 2021 ficaram marcados pela necessidade de haver ensino remoto, as dificuldades e vantagens desta modalidade podem ser abordadas inclusive na redação.

Apesar das diversas vantagens, houve desafios a serem vencidos, como:dificuldades de conexão, analfabetismo digital, segurança eletrônica entre outros.

Preconceito, xenofobia, racismo e homofobia

O preconceito em geral é um tema sempre escolhido, pois o Brasil ainda sofre com a intolerância. Conceitos como racismo e xenofobia estrutural devem ser conhecidos pelo candidato.

Saber as origens do preconceito e racismo também serão exigidas.Em história temas como movimentos feministas, escravagismo, sufrágio universal, período colonial são frequentes nos vestibulares.

Agora que você já sabe quais assuntos podem cair nos vestibulares durante esse ano, que tal se preparar? Aqui no MS! MED temos um cursinho com foco em quem sonha em ingressar na faculdade de medicina. Acesse agora mesmo.

https://medicina.mesalva.com/

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!