Afinal, qual área da medicina escolher?

O curso de medicina é o primeiro passo para se tornar um profissional da área. Contudo, os estudos de um médico não terminam após a graduação. É preciso fazer residência e se especializar em alguma das áreas. Quem deseja cursar medicina, em algum momento já deve ter se perguntado: “qual área da medicina devo escolher?”.

Mesmo quem ainda não ingressou no curso de medicina já deve começar a pensar na sua vida profissional. Para isso, conhecer um pouco sobre as principais áreas da medicina pode ajudar. Continue a leitura e descubra mais informações sobre o assunto!

Qual área da medicina escolher?

A escolha da área de atuação na medicina pode ser feita considerando diversos aspectos como aptidões, interesse por determinada área ou mesmo a faixa salarial. Antes de entrar na graduação e até mesmo após o ingresso, é natural ter dúvidas. Contudo, com o passar das disciplinas, o estudante passa a encontrar suas aptidões naturalmente.

Escolher qual área da medicina seguir pode ser um grande desafio. Mas o estudante pode levar em consideração o seu desejo por atuar em uma determinada área. A informação e a dedicação são fatores que auxiliam na escolha.

A resolução Nº 2.162/2017 definiu uma lista com 55 especialidades médicas reconhecidas no Brasil. Mas além destas especialidades, o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e a Associação Médica Brasileira (AMB) também reconhecem diversas outras especialidades. O que acontece é que algumas áreas de atuação são tão específicas que ainda não são consideradas especialidades.

A seguir, veja as principais dicas para te ajudar a escolher em qual área de medicina atuar.

Cirurgia plástica

A área da cirurgia plástica é uma das que mais cresce no Brasil, já que o país ocupa o topo na lista dos países que mais fazem intervenções estéticas por ano. Cerca de 1.5 milhões de cirurgias plásticas são realizadas por ano no Brasil. Assim, essa é uma das áreas mais lucrativas, com uma média salarial de R$13.000,00 por mês.

Contudo, vale lembrar que o trabalho do cirurgião plástico não é voltado apenas para a beleza. Cirurgias reparadoras são realizadas para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, que muitas vezes possuem sua mobilidade prejudicada, como por exemplo, a cirurgia bariátrica. O mesmo vale para quem sofreu queimaduras.

Pediatria

A pediatria é a especialidade médica que cuida da saúde de bebês, crianças e adolescentes. O trabalho do pediatra é diagnosticar, tratar, acompanhar e prevenir doenças e problemas que surgem nesta faixa etária. Além das competências e habilidades da medicina, é primordial que o profissional desenvolva um tratamento especializado para seu público.

O médico pediatra deve ter empatia, paciência e escuta ativa durante suas consultas, já que é preciso lidar com o fato de que nem sempre as crianças se expressam com nitidez. Bebês e crianças exigem cuidados constantes, então o papel desse profissional é também instruir a família e ter paciência com os responsáveis pelas crianças. A média salarial é de R$ 6.865,00 ao mês.

Geriatria

A expectativa de vida está aumentando e de acordo com dados do IBGE, atualmente a média de vida é de 76 anos. Ainda de acordo com os dados, até 2030 haverá mais idosos do que crianças no Brasil. Esse cenário também transformou a medicina, já que hoje a geriatria está entre as principais especialidades médicas.

A geriatria é a área da medicina com foco na população idosa. A área exige estudos constantes para atuar no diagnóstico e prevenção de doenças comuns nesta faixa etária. Além de habilidades extras em empatia, a fim de proporcionar um atendimento com paciência para garantir o bem-estar do paciente.

A faixa salarial de um geriatra é de R$ 7.452,60 por mês.

Cardiologia

A cardiologia é a área que cuida de um dos principais órgãos do corpo humano, o coração. Doenças cardíacas são bastante recorrentes, o que traz uma carreira promissora para o especialista nesta área. Com estudos e dedicação, o profissional tem a média salarial de R$ 15.000,00 por mês.

Dermatologia

A dermatologia também está entre as principais áreas de atuação dos médicos e é a especialidade que cuida do maior órgão do corpo humano, a pele. Nesta área, há amplas opções de atuação, já que ela pode ser voltada para a estética, incluindo a cirurgia plástica e outros procedimentos. Mas há também a dermatologia clínica, voltada ao diagnóstico e tratamento de doenças de pele.

A média salarial de um dermatologista é de R$ 10.674,00.

Ginecologia e obstetrícia

A ginecologia é uma área ampla que destina cuidados ao sistema reprodutor feminino e mamas. A atuação engloba o acompanhamento da saúde feminina, diagnóstico e prevenção de doenças, além de acompanhar a gestação. Embora ginecologia e obstetrícia sejam áreas separadas, boa parte dos profissionais atuam nas duas.

Além das habilidades para executar a função, o profissional precisa desenvolver empatia e escuta ativa, já que para muitas mulheres os temas tratados na consulta ainda são um tabu. A média salarial é de R$ 6.204,74.

Infectologia

Sem dúvidas, essa área ganhou um grande destaque desde o surgimento da Covid-19. Afinal, a infectologia trata de diagnosticar e tratar doenças infecciosas, ou seja, doenças contagiosas causadas por microrganismos. O profissional precisará estudar infecções causadas por fungos, vírus e bactérias, como infecções hospitalares, doenças sexualmente transmissíveis, doenças endêmicas e outras.

A faixa salarial de um infectologista é de R$ 13.000,00 ao mês.

Psiquiatria

O psiquiatra é responsável por diagnosticar e tratar doenças mentais como depressão, transtornos de ansiedade, transtorno bipolar, entre outros exemplos. O psiquiatra geralmente atua junto com um psicólogo, a diferença é que o psiquiatra, por ser médico, está apto para receitar medicamentos.

A saúde mental tem ganhado um lugar de destaque na sociedade, já que a depressão e a ansiedade são muito comuns. O profissional que realizar sua residência nessa área será bem requisitado pelo mercado de trabalho, com uma média salarial de R$ 9.036,00 por mês.

Oncologia

A oncologia é a especialidade médica que atua no diagnóstico e tratamento do câncer. Atualmente, há 200 tipos de câncer reconhecidos pelas entidades da medicina, o que comprova a importância do profissional desta área. O médico oncologista deve ser curioso e gostar de se informar por meio de artigos científicos o tempo todo, já que a todo o momento surgem novos estudos sobre o câncer.

Também é preciso ter muita empatia e paciência, já que precisará lidar com pacientes fragilizados. A média salarial de um oncologista é de R$ 8.908,00 por mês.

Escolher qual área da medicina atuar não é fácil, mas esperamos que com essas informações você tenha se identificado com alguma delas.

O MS! MED  é o cursinho mais forte e completo para quem quer ser aprovado!

https://medicina.mesalva.com/https://medicina.mesalva.com/

Deixe uma resposta

Rolar para cima
Estamos aqui para te ajudar!